Priscila Martins Medeiros

Priscila Martins Medeiros 2018-09-26T17:21:01+00:00
Currículo
E-mail

Professora Adjunta do Departamento de Sociologia

É doutora em Sociologia (2014 pela UFSCar. Possui mestrado em Sociologia e bacharelado em Ciências Sociais, ambos também pela UFSCar. É pesquisadora membro do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da UFSCar (NEAB/UFSCar) e líder do Grupo de Pesquisa Sociologia e Estudos da Diáspora Africana (CNPq). Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Relações Étnico Raciais, atuando principalmente nos seguintes temas: Relações Raciais, Sociologia Brasileira e Estudos Pós-Coloniais.

Grupo de Pesquisa: Sociologia e Estudos da Diáspora Africana. Visite a página do grupo no Facebook.

Áreas de Investigação: Relações Raciais; Sociologia Brasileira; Estudos Culturais e Pós-Coloniais

Projetos em Andamento:

“A Sociologia Brasileira e os Estudos Diaspóricos”: Nesta pesquisa buscamos analisar algumas abordagens da Sociologia Brasileira no tema das relações étnico-raciais e seus pontos de convergência com o debate transnacional sobre a diáspora africana e a crítica pós-colonial. O objetivo central da pesquisa é mapear e compreender as proximidades entre o Pensamento Social Brasileiro (Sociologia e Ciências Sociais) e a crítica pós-colonial e em que medida essa relação nos permite revisitar o que ficou conhecido como “Sociologia das Relações Raciais” no Brasil. O trabalho se estrutura através de dois aspectos gerais, quais sejam: a) o debate em torno do ethos nacional e dos códigos culturais presentes no país; b) as diferentes compreensões, por parte dos autores, sobre a modernidade e como que localizam nela os diferentes seguimentos da população brasileira. Esses aspectos mediam a produção sociológica sobre nossa formação social e também lançam luz sobre os processos históricos que racializaram a experiência afro-brasileira no país.

“A produção científica da Sociologia na área das relações raciais: uma análise teórico-metodológica das pesquisas brasileiras (2013-2017)”: Este projeto de pesquisa tem como objetivo analisar, por meio de pesquisa documental e de entrevistas, como que pesquisadores da área de Sociologia têm desenvolvido suas pesquisas no tema das Relações Raciais, em termos teórico-metodológicos, ao longo dos últimos cinco anos. Com essa pesquisa, buscamos obter um breve panorama sobre como esse campo temático tem se desenvolvido em termos de prática científica. O mapeamento se pauta no levantamento de teses e dissertações defendidas à partir de 2013 na área de Sociologia, num contexto histórico em que a lei 10.639/03 já completou seus primeiros dez anos de existência. Passada a primeira década desta que foi uma conquista jurídica no que diz respeito à valorização da diversidade étnico-racial e ao combate ao racismo, como que os pesquisadores da Sociologia têm pensado as questões raciais no Brasil e, mais especificamente, como têm encaminhado suas pesquisas? Quais tem sido as escolhas teóricas? E quanto aos métodos e técnicas científicas adotados? Estas são algumas das questões norteadoras.